Idade Mídia em Israel

Uma das poucas conversas deste projeto que não pôde ser feita pessoalmente foi justamente com Isaac Cattan, do Idade Mídia 2008. Na ocasião desta entrevista, ele estava numa sala com costa-riquenhos, argentinos, uruguaios, chilenos, brasileirose peruanos na base Sde Boker, no deserto do Neguev, fazendo o treinamento básico do exército de Israel.

Ele cursa Direito na Universidade de São Paulo, mas teve a oportunidade de editar a revista de seu grupo de intercâmbio. A publicação tem textos em português e em espanhol, além de fotos produzidas pelos participantes. Isaac acredita que o que aprendeu no Idade Mídia foi muito importante para desenvolver esse projeto. “Na hora de traçar a linha editorial, de orientar os articulistas, deconferir homogeneidade à revista. Além da parte de design, é claro – fazer algo clean e de bom gosto, mesmo com um orçamento reduzido”, conta. Coma ajuda de mais dois editores e vários jovens do grupo, a revista já teve quinhentos exemplares impressos.

Conheça mais sobre as aventuras de Isaac em Israel acessando o blog Diários de um 2011. Também não deixe de ouvir o podcast em que o ex-idademidiano fala, diretamente de Sde Boker, da importância do Idade Mídia em sua vida.

 

 

Rede Idade Mídia completa 10 anos!

Vivian Martins, do Idade Mídia 2008, é uma das participantes mais comunicativas da história do Idade Mídia. Neste depoimento, falou em poucas (e boas) palavras uma das principais essências do curso: a característica de formar uma Rede Idade Mídia. Confira o vídeo e não deixe de ler o depoimento completo de Vivian no livro Idade Mídia: a comunicação reinventada na escola.

“Minha primeira lembrança do Idade Mídia é o momento de descoberta”

Confira na íntegra o depoimento do idademidiano Fernando Len, de 2008, publicado no livro Idade Mídia: a comunicação reinventada na escola.

Minha primeira lembrança do Idade Mídia é o memento de descoberta, não só pessoal como profissional. Me descobri uma pessoa muito mais aberta a aprender coisas novas e conhecer pessoas que pensavam de um jeito diferente do que eu pensava. Entrar em contato com várias coisas que não teria entrado em contato se não tivesse participado do Idade Mídia.

A primeira coisa que eu penso é na minha matéria com o Isaac sobre croatas e bolivianos que vieram pra São Paulo. Tínhamos pouquíssimas informações e dados sobre esses povos que conviviam com a gente e tivemos que ir atrás, conhecer a pracinha onde os bolivianos se encontravam, a casa de cultura croata. Não foi só esse deslocamento físico – que foi uma coisa totalmente nova e diferente – mas foi também o descolamento intelectual. Ter um contato pessoal com alguém que chegou em São Paulo e, de repente, estar naquele momento falando com você… Você está vivendo tudo aquilo. Assim como ele está sendo parte da história que você tá construindo você de alguma maneira está sendo parte daquela história dele. Esse encontro de pessoas que eu acho mais legal, que foi a coisa mais significativa que levei de experiência. O Idade Mídia é isso; um ponto de encontro de pessoas, ideias, pensamentos, informações. Foi lá que tive a chance de passar por tudo isso…

Clique aqui para continuar lendo.

 

 

 

 

Humanóide da Física

Alessandro Takeshi, grande desenhista do Idade Mídia 2008, teve um futuro inesperado e curioso. Ele tinha tudo para seguir uma carreira na área de Humanidades, mas se apaixonou por Física no terceio ano do Ensino Médio.

Aos 9 anos, escreveu o livro A União dos Sete, que contava a história de sete crianças que descobrem que são escolhidas para herdarem objetos mágicos necessários para salvar um outro planeta, e para conseguir reunir todos estes objetos e seus manipuladores, viajam o mundo todo. Aos 13, achou que o livro estava pequeno e reescreveu a história, que ficou com 169 páginas. Depois de pronto, o pai registrou o trabalho na Biblioteca Nacional. Depois do Idade Mídia, ilustrou um manual criado para auxiliar os estudantes a fazerem a cobertura jornalística do Blog do InterBand.

Hoje, Alessandro está concentrando seus esforços na produção de um livro de Cálculo. Confira aqui o primeiro capítulo.

Leia as revistas produzidas no Idade Mídia

Faça download das revistas produzidas pelos alunos do Idade Mídia desde 2002. Clique aqui!

Eles construíram uma maquete de São Paulo

Esses jovens nas fotos abaixo foram responsáveis pela produção da revista Maquete, que teve a cidade de São Paulo como tema central. Vale a pena conferir as matérias escritas por estes jovens curiosos que observaram  a metrópole com diversos olhares e viveram realidades distintas ao escreverem suas matérias. Clique nas imagens para ampliá-las.

 

Pensamento Idade Mídia no Canadá

Barbara Martins entrou no Idade Mídia em 2008, mas logo descobriu que se mudaria para o Canadá em alguns meses. Ela não teve a oportunidade de fazer o curso completo, mas as aulas que frequentou e os amigos que fez pro causa do Idade Mídia ainda influenciam seu modo de pensar e viver hoje. Ela, que mora em Quebec,  decidiu seguir a área de linguística e ainda mantém contato com ex-idademidianos.