Pipoca explodindo: uma história de quem não fez Idade Mídia

Gabriel Fabri não entrou no curso Idade Mídia porque cursvara a área de Biológicas, mas mesmo assim, não desistiu de se aventurar no mundo da comunicação. “É errando que se aprende né? Não deixaria os outros me ofuscarem novamente em outra oportunidade. Continuo reservado, mas aprendi a me impor quando necessário”, exclamou. Ele se envolveu com um projeto pessoal de um blog para falar sobre o que gosta: cinema, música e cultura pop. O Pop With Popcorn, em pouco tempo, virou um sucesso de público. Confira o depoimento de Gabriel:

Gabriel Fabri ao lado dos ex-idademidianos Amanda Cestaro e Ulysses Faria

Eu comecei meu blog diante do fato que escrever é algo que se aprimora com a prática. Então achei importante criar um espaço para poder praticar e submeter o resultado final para que os outros avaliassem e apontassem meus erros e acertos. Embora estivesse cursando o ano mais difícil no Colégio Bandeirantes (e ainda com o fantasma do vestibular bem a minha frente) achei que era necessário arrumar um tempo para treinar. 

Em pouco mais de seis meses, o Pop With Popcorn tem quase quatro mil acessos e é parceiro de outros três blogs de cinema de grande visibilidade, como o Cinebulição, por exemplo. Mas ainda há a faculdade e muitos livros, filmes, músicas, empregos e desafios pela frente.

Escrevo sobre os assuntos que mais gosto, cinema e música pop, por isso o nome Pop With Popcorn. A princípio, nunca achei que o blog fosse ter uma recepção tão calorosa quanto teve e fico muito feliz com isso. O blog acabou se tornando um incentivo pra mim e pra minha futura carreira. Mostrei-o para vários profissionais, inclusive o Alexandre Sayad, que me ajudou bastante me dando oportunidade de fazer cobertura jornalística para o Interband 2011 e me apresentando ao crítico e jornalista Sérgio Rizzo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *